sábado, 19 de janeiro de 2008

O Regresso das Abelhas

Yellow!
Antes de mais queria pedir imensa desculpa pela demora, mas os patos assassinos voltaram a fazer das suas!

Contra todas as leis existentes conhecidas, contra as leis da Física, contra a lei de Newton, contra a lei de Lavoisier, a lei da Gravidade, a lei de não se poder fumar em espaços fechados (okay, esta nem tanto, mas esgotaram-se-me as leis), os PA* conseguiram entrar no meu quarto e estragar-me o lindo portátil.
E assim vi-me, durante uns meses que pareceram décadas, completamente vazia, sem vida, apática a tudo e a todos, falando apenas quando me faziam perguntas directas. E porquê? Falta de Internet. Desintoxicação.

Adiante (este texto já está a ficar perigosamente grande. Depois admiro-me que ninguém visite o meu blog).
Ainda não tenho Internet em casa (estou de momento à espera de receber o computador da TMN que andam a "dar" aos alunos do 10º ano), mas como terminou recentemente uma das melhores épocas para receber "pilim" dos familiares (o facto de me pôr no meio de Santa Catarina com a guitarra a cantar a música do Acácio também ajudou), consegui trocos suficientes para me levantar do sofá (a TV é a única coisa capaz de acalmar o meu monstrinho interior que berra: "QUERO INTERNET!") e dirigir-me ao cyber-café mais próximo.
Vós deveríeies estar eternamente gratos por eu ter tanta vontade em deliciar-vos com mais um dos meus inutilmente longos textos que tenha atravessado milhares de perigos e obstáculos (nomeadamente, duas passadeiras e o cara-de-bulldog que se encontra na mesa ao lado da minha com o qual eu quase que descuti porque ambos queríamos o computador com Webcam) para estar aqui.
Verdade seja dita, apenas me lembrei deste bloguezito depois de 3,70 € na Internet (e isto não foi dito para vos desvalorizar, apenas para que vocês saibam que eu até sou uma tipa honesta).
O pessoal aí do outro lado também tem de compreender que na Internet não existem apenas blogs e que uma miúda de 15 anos tem muito sítio onde passar o tempo (com coisas instrutivas e completamente não-preversas, tais como procurar vídeos no Youtube sobre como fazer bombas domésticas ou chamar nomes pouco próprios a cada p... -hmmm- rapariga que comenta o hi5 do rapaz por quem nutro sentimentos).
Dito isto, espero sinceramente que me desculpem pela insensível falta de textos neste blog.

Agora passando para o assunto realmente interessante: Alguém por esse mundo internetónico fora poder-me-á dar um tópico sobre o qual eu possa escrever uma crónica? A minha querida, amada, simpática e magnífica** professora de Português teve a excelente ideia de nos mandar escrever uma crónica. Mas uma crónica daqelas mesmo bonitas, profundas e deveras interessante, que me garantirá, pelo menos, um 18 no próximo período. Ora bem, normalmente não tenho problema nenhum em pegar numa caneta e num pedaço de papel (ou num computador) e desatar a escrever cenas tristes, profundas e emocionantes, ou engraçadas, humorísticas e reflexivas. No entanto, depois de 2 horas de olhar preso na folha de papel vazio, percebi que o meu forte é escrever coisas de adolescentes, e não crónicas que uma professora (adulta e matura) achasse interessante. O pior de tudo é, na verdade, arranjar um tema sobre o qual escrever. Depois disso, a caneta como que flui sozinha, despejando tudo o que me vier à mente sobre esse tema.
Apesar de ainda não ter comentado isto com eles, tenho a maior das certezas que 36% da minha turma falará sobre a adolescência, 40% sobre as aulas e 20% sobre futebol. Os restantes 4% (ou seja, eu) tem de escrever sobre um tópico diferente e extremamente arrebatador, que faça com que eu impressione, não só a professora, como também os meus caros colegas de turma.
Agora, o que será esse tópico... não sei.
Como a crónica é para entregar na Terça-feira, estou dispostíssima a receber sugestões. Por favooor? Eu faço os meus famosos olhos de cachorrinho perdido...!

Um beijo,
Abelhinha.

* PA: Patos Assassinos, ó ignorantes que não leram os meus textos anteriores -_-'
** A Internet é pública, sabe-se lá se ela não se pôe a ler os blogs dos seus alunos :O

2 comentários:

claudia disse...

Olá Carolina!!! Antes de mais, muito obrigada por fazeres propaganda ao meu blog. E sim, aceito encomendas. Preciso de dinheirito. Queria mudar de casa, mas o dinheiro não chega.
Beijão muitaaaa grandeeee
XUAKKKK
Prof. Cláudia

MoonLighT VampirE disse...

Olaa Cari!! :P
Não sabia que tinhas blog -.-
Mas o que importa e que tens! xD
Visita o meu se kiseres!
Beijo** :)